Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cozinha de solteira

Cozinha de solteira



Pão do dia anterior, um resto de uma lata de tomate em  pedaços e um saco de mozzarella. Como este blog é adepto da poupança e vocacionado para evitar o desperdício, eu até vos poderia ter "vendido" esse post. Lindo texto, mostrava o quanto estava empenhada e ainda era criativa com uma pizza em pão.


 


Mas a verdade é uma: deu-me a preguiça.

Na minha cozinha vigoram duas leis fundamentais: da eliminação de comidas processadas e do menor esforço.


 


Como sou uma comedora feroz de grão de bico, já era altura de começar a cozinhá-lo de raíz, ou seja do grão seco, em vez de continuar a abrir latas.


 


Mas se bem se recordam, a lei do menor esforço também dita que coza 1 kg de uma assentada e congele o resultado em porções individuais.


 


 


1 kg de grão de bico seco (€2.59), depois de cozido e escorrido pesou cerca de 2,5 kg


 


a curiosidade ditou que fosse espreitar uma lata de grão de bico cozido:


 


420 gr de peso líquido ou 260 gr de peso escorrido


 


Se o meu "peso escorrido" for o mesmo que o da lata, então são 9,6 latas o que corresponde a €5.28 (9.6 x € 0.55).


 


Compensará as cerca de 2 horas de cozedura e correspondente consumo de energia?


 


Provavelmente não, numa perspectiva de poupança, mas eu ainda tenho as duas leis em vigor. Provavelmente o que preciso é de comprar grão de bico a um preço mais económico.

Pág. 1/2