Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cozinha de solteira

Cozinha de solteira

É oficial! Afinal como coelho. 


 


                                                      Não gosto! Mas como.



 


para a uma Rita


 

Pois é,


 


ando com pouca vontade para cozinhados, dados os esforços com o trabalho. Se acrescer a isso o facto de não ter máquina digital, o blog fica condenado ao abandono.


 


Mas mea culpa feito, retorno (com máquina digital emprestada enquanto a outra não chega pelo correio) com uma receita de mínimo esforço.


 


Demorou cerca de uma hora, porque gosto da carne bem passada, mas húmida (ainda com h), por isso, gosto de colocar bastante líquido, o que torna o tempo de cozedura maior.


 


 


 


 


 Ingredientes:


1 costeleta de vitela


meia cebola (adoro cebola)


vinho Mateus Rosé (a gosto)


azeite


água


temperos a gosto (eu só coloco umas pedrinhas de sal)


Acompanhamento:


Batatas fritas


 


Preparação:


Num pirex pequeno, colocar um pouco de água (não chega a cobrir a carne), vinho, azeite e cebola.


Deixar a água ferver um pouco no forno (cozinhei sempre no máximo) para que os ingredientes se misturem. Juntar a carne, que se vai virando para não queimar. Assar até desaparecer a água e a carne ficar dourada.


 


Resultado: uma carne tenramente assada, ligeiramente dourada por cima (sem que fique seca) e completamente cozinhada no interior.


 


Uma decadência que se acompanha com batatas fritas (congeladas, porque não tenho paciência para as cortar).


 


 



 


Aceitam-se sugestões para o nome da receita.